quinta-feira, 24 de julho de 2008

Amor-próprio e Filosofia de Vida Carpe Diem...

Semana começou agitada e cheia de mudanças. Irá permanecer assim semana que vem, mês que vem, ano inteiro, vida inteira... pelo menos pretendo (radical eu? Nem um pouco! Nada de reticências, ponto final em algumas histórias e pronto). Estou me desprendendo do passado e vivendo o hoje. Digamos que, filosofia de vida Carpe Diem!

"APROVEITE O DIA E CURTA CADA MOMENTO"

...Viver é já. Existir é hoje. Nenhum tempo além. Nenhum lugar além. Se tiver de ser, que seja eternamente agora. Ou talvez jamais, porque as águas do rio do tempo não voltam e ainda que voltassem não nos encontrariam, pois não seríamos mais os mesmos. Tudo Flui, dizia Heródoto. Tudo muda. A única coisa que permanece é a improcedência...

Amor-próprio cada dia mais salubre.
E responsável por:
Novo emprego...
Novas expectativas, pessoas...
Novos hábitos, horários...
Nova rotina...
Paixão platônica!? Não sei!...

Enfim, findo com as palavras da Zíbia Gasparetto que diz:

“Viver uma verdadeira experiência amorosa é um dos maiores prazeres da vida. Gostar é sentir com a alma, mas expressar os sentimentos depende das idéias de cada um. Condicionamos o amor às nossas necessidades neuróticas e acabamos com ele. Vivemos uma vida tentando fazer com que os outros se responsabilizem pelas nossas necessidades enquanto nós nos abandonamos irresponsavelmente. Queremos ser amados e não nos amamos, queremos ser compreendidos e não nos compreendemos, queremos o apoio dos outros e damos o nosso a eles. Quando nos abandonamos, queremos achar alguém que venha a preencher o buraco que nós cavamos. A insatisfação, o vazio interior se transforma na busca contínua de novos relacionamentos, cujos resultados frustrantes se repetirão.Cada um é o único responsável pelas suas próprias necessidades. Só quem se ama pode encontrar em sua vida Um Amor de Verdade”

E viva o amor-próprio!
E viva Carpe Diem!
Jailson Correia 0/

4 comentários:

Alex Salvino disse...

Cada momento é único, não vivo de passado, no máximo aprendo com os erros e gosto de relembrar as cousas boas da vida, mas o melhor de tudo é viver o agora, já estava cansado do masoquismo, é algo que não é pra vc, me sinto bem qdo meus amigos tb estão bem!

O presente é um dádiva, exatamente por isto tem este nome P-R-E-S-E-N-T-E, então viva o dia de hoje sem medo do amanhã, pois viver é fazer do presente um passado melhorado, sem temer o futuro, que pode vir a não chegar.

Cada detalhe, cada instante, cada pessoa tem seu devido valor e saber apreciar tudo isto já é viver, pois não se pode mudar o passado e tão pouco montar uma vida só de planos futuros, o que vale é agora.. como tb o tempo q vc deu a leitura deste meu comentário ..irrelevante ou valeu apena!?

Um grande abraço do amigo Lex
@;-)

Alaide disse...

FALOU BONITO...TODOS TEMOS TER QUER NOSSO AMOR PRÓPRIO...
Uns dos dez mandamento da lei de Deus é amai uns aos outros como a se mesmo, ou seja devemos nos amar e amar o outro, mas nunca devemos deixar de nos amar...Aparti do momento que vc consegui viver bem so, se sentir bem consigo mesmo, vc conseguirá ficar bem com outra pessoa, ser egóista as vezes e pensar em nos mesmo não é nada errado, é querer ser feliz, é isso que Deus quer, que sejamos felizes para sempre...e nos final seremos!!!

Xuhnin disse...

Oi, até que enfim essa pirosca aki está funcionando pra mim neh ?

Bom Js, talvez aqui seja mais fácil me expressar para você, aqui você não precisa me ouvir, só ler o pouco que vou escrever.
Olha adorei a idéia do carpe diem, espero sinceramente que assim o seja.

Como Lex e Lady disseram, amor próprio eh tudo que muita gente precisa, eh algo que vc tbm estava precisando.
Nada de remoer passado, nada de viver dele, afinal vc num eh historiador, num eh arqueólogo e nem pateontólogo né ?

Bola pra frente...
Espero que esses novos ares que vc tem respirado lhe sirvam como suporte a uma nova vida, um novo recomeço, um novo rumo...
Desprender-se do passado eh tudo que você de fato precisa, lembra que um dia eu lhe falei, assim como eu disse pra Lady, que pra voce esquecer o passado e fazer com que ele não o incomode, você precisa deixá-lo pra trás? E graças, Graças a Deus você tem feito isso, novo trabalho, novas ocupações, novos amigos....
Espero que você esteja no caminho certo.

Abração do seu amigo, grande amigo Xuh.

Victor Paulo disse...

Olá, belas palavras, espero que
nossa pequena conversa sobre carpe diem tenha valido alguma coisa para seu texto e quanto as palavras de Zíbia Gasparetto, é simplesmente fantastico. É exatamente o que estou vivendo, é como se ela falasse diretamente para mim, como estou com um turbilhão de sentimentos existe uma enorme vontate de escrever, então logo já estarei com um novo Post, passa por lá! Abraço!