terça-feira, 29 de julho de 2008

O caminho mais fácil, nem sempre é melhor que o da dor...

Hoje a letra dessa canção me fez ouvi-la repetidamente.



"...Não, não dê mais tantas voltas, não
Se chicoteia assim por qualquer perdão
Todo esse teatro não impressiona
Por maior que seja sua recompensa
Não se importe tanto assim
Com sua imagem decadente, enfim
Nada adianta depois se lamentar
Por maior que seja sua displicência
Volta, ou vá embora, meu amor
Sem ameaças, ensaiadas na frente do espelho
O caminho mais fácil, nem sempre é melhor que o da dor
Dê uma chance pra vida, te mostrar
Um jeito menos doloroso de se despedir
Não seja assim tão dura com as palavras
Lave bem as suas mãos antes de se decidir
Tira essa lama das botas,
Antes de me dar as costas..."

Um misto de realidade com imaginação.

Seja lá quem você é, mas o pouco que descobri em oito meses foi suficiente para concluir que conhece-lo já não quero mais. Foge dos meus princípios morais tanta imoralidade e falta de personalidade.

Ou será personalidade múltipla?...

Desculpa!

Obrigado por tudo.

Mas acima de tudo, valores humanos!
Jailson Correia 0/

2 comentários:

Victor Paulo disse...

É realmente dicícil a decisão de não voltar atrás em nossa caminhada e olhar somente para frente. Boa sorte e espero que tenha feita a escolha correta.
Abraço.

Michael Mallmann disse...

li todo o blog .... tu escreve muito bem ... tem uma eloquência fantástica ... consegue utilizar palavras com maestria....

parabéns.